RSS

Rasuras

06 Set
images09
Esta dor é minha,
ninguém verá suas rasuras,
não haverá testemunha,
desta alma  que  definha.
Esta sina é minha.
deixe escorrer,
varrer quintais,
buscar sentido pra perecer.
Não tente entender
sondando meu caminho
o falso destino
que quis seguir
Feche os olhos
(não suportando ver)
os reais motivos
de eu me ferir
Deixe  pulsar, supurar
o que meu peito suportar
deixe jorrar da jugular
o que  meu sangue  revelar
Deixe partir, doer…
se perder pelo chão,
me despedaçar, moer
arrancar do coração
o que faltar pra chorar.
 
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: