RSS

Crianças mimadas

07 Set

1185871_619527541424757_2063883708_nVocê é eternamente responsável pelo que cativa.
A. S. Exupéry (autor de O Pequeno Príncipe)

Durante algum tempo eu fui adepto a esta frase e até achei que sim, que era minha, a responsabilidade das loucuras e ilusões dos outros por causa das minhas ações.
Felizmente, isso faz parte do passado, não penso mais assim e previno a quem lê este artigo a também se livrar disso imediatamente.
Essa frase é até bonitinha, mas totalmente, ordinária. Ela responsabiliza (culpa) nosso comportamento e a forma humana de viver, como se fosse crime ser o que naturalmente somos e deixar de ser a expectativa infantil que os outros desejam que fossemos. É mais uma má interpretação cega da mente humana, que tem esta mania infeliz, de julgar tudo e todos, mas não é julgada por nada, nem mesmo pelas atrocidades que faz para nos distanciar, cada dia mais, da nossa verdadeira natureza divina.
Somos responsáveis por nós mesmos, que mais?! O outro é só um instrumento do nosso exercício diário, aquele que vai mostrar nossos defeitos e os limites que devemos vencer. (se quisermos…)
Essa frase quer culpar o outro se ele não nos agrada, pois ele deve sempre apoiar a ilusão de sermos eternamente a mesma merda. Pobres crianças mimadas, nós somos! Que evolução do caralho é essa?!
Esta frase é muito boa para as crianças que estão em fase de aprendizado e ainda não conseguiram ver em si mesmo a possibilidade de superar os obstáculos que a vida irá lhes dar e exigir que se faça alguma coisa por si mesmo, simplesmente para ativar sua capacidade de superação.
O único instrumento que a vida tem, para este desígnio, é o convívio humano. Ninguém é uma ilha e vive neste mundo para ser preservado das dificuldades que viver traz em si. Se este fosse o caso, seria melhor ter ficado no pinto do teu pai para não poder culpar (responsabilizar) “o outro” pelas paixões que é preciso experimentar enquanto se vive.
Pare de chorar e de atribuir ao seu próximo, o dever dele te fazer feliz, essa responsabilidade será sempre sua. Aprenda a amá-lo de verdade, não de mentirinha. Aceitando-o como ele é e não tentando transformá-lo em um objeto particular do seu egoísmo.

Acorda, ser humano!

 
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: