RSS

Seu sabor

07 Set

corte

Me esprema, me assanhe,
arranque de mim todas as senhas.
Impeça que eu tenha palavras na goela,
eu quero perder a fala
na tua boca.

Me fume,
me arrume pra festa,
me cheire, saboreie,
dispa-me em aflição
e se esfregue no suor,
que evapora nesta paixão
e queima meus poros.

Me arreganhe, me coma,
se engasgue de mim,
deste meu amor,
que me faz renascer
do seu calor.

Me pise, me suje
dos seus líquidos.
Do seu sabor
eu tenho vida
e me afogo
se preciso for.

 
2 Comentários

Publicado por em 07/09/2013 em POESIA, sensual

 

Etiquetas: , , , ,

2 responses to “Seu sabor

  1. Rodrigo Lamar

    17/01/2014 at 6:09 PM

    olá… só para o informar que encontrei este poema que julgo ser seu:

     
  2. marcosstavaress

    17/01/2014 at 6:33 PM

    O LINK NÃO ABRE… mas é bom saber que ja conhecem o estilo da minha poesia..

    abraços

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: