RSS

Carro zero, estupidez comprovada

04 Dez

Acabamos de receber mais um troféu, este sim, é motivo de chacota para a comunidade mundial, somos agora o País que vende o carro mais caro do mundo. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/141851-o-mais-caro-do-mundo.shtml . Um país que tem uma distribuição de riqueza absurda, onde 5% da população retém em suas mãos mais 90% de toda a riqueza aqui gerada, tem agora a ousadia de se dar ao luxo de vender o carro mais caro do mundo. Isto só fortalece o crescimento dos nossos bancos, a maioria da frota de carro em circulação nas ruas deste País pertence sim, aos nossos bancos, caso não paguemos suas prestações absurdas, eles tomam-no de nós.

Comprar um carro é um excelente negócio, primeiro vamos à loja e escolhermos o modelo que cabe no nosso bolso, então o banco vai aprovar a sua escolha, vai analisar seu potencial de crédito para depois permitir que você o tenha.

engarrafamento

Próximo passo, sair com ele da loja e receber um compromisso de 60 prestações, onde fica estabelecido que seja seu o direito de guia-lo. Mas não lhe qualifica como dono real, é apenas uma posse ilusória, mas o melhor de tudo é que existe uma conta bem legal de ser feito, acompanhe-me.

Suponhamos que o carro que não é teu, até que você pague até o ultimo tostão ao verdadeiro dono (o banco), lhe custe à quantia de R$ 30.000,00 reais a vista, mas ao final da quitação da sua divida este carro lhe sairá por R$ 60.000,00, mas o melhor vem agora, este carro que você pagou a quantia de R$ 60.000,00 tem um valor de mercado aproximado de R$ 10.000,00 ao final de 06 anos. Parabéns, você pegou R$ 30.000,00 ao banco dando em garantia um carro que tem valores em outros países aproximados de R$ 12.000,00, agora o banco vai querer que seja pago o dobro do preço e ao final do pagamento você tem um bem que vale menos de um terço do valor na loja.

Ficou feliz em ter um carro novo? Continuemos então, você ficará mais ainda…

Este belíssimo carro (que ainda não é seu) tem algumas despesas, você deverá conhecê-las. Você terá que abastecê-lo com combustíveis totalmente nacionais por um preço mais caro do que os países vizinhos vendem, mesmo levando em conta que este combustível é por nós mesmos fornecidos a eles, ainda correndo o risco de ser “batizado”, sendo misturado com agua ou álcool, prejudicando o motor e peças essenciais ao bom funcionamento do veículo. Isto acarretará despesas com mecânica que não foi citado no ato da compra.Wall-Street

Este carro deverá assumir uma despesa pelos direitos de usar as ruas maravilhosas de nossas cidades, o IPVA, um imposto obrigatório que cobram pela conservação das ruas e estradas. O único problema é que se você cair em um buraco destas ruas ninguém vai lhe ressarcir, ou se for brigar por esse direito, nosso processo judicial vai demorar vários anos até que se receba algum dinheiro que não cobrirá sequer a mão de obra do mecânico, nem mesmo peças da suspensão avariada pelo buraco.

Então funciona assim: Você é obrigado a pagar pela conservação das ruas para andar com seu bonito carro (mas que ainda não é seu). Não adianta, porém, reclamar se estas ruas não forem conservadas, nem se o carro sofrer danos e perdas irreparáveis ao seu bolso, pois irão dizer que sua condução não é habilidosa e foi culpa sua não ter desviado do buraco, mesmo correndo o risco de bater em outro carro.

Muito bem! Estamos indo bem, não se apresse! Agora vamos falar da segurança do carro.

Recentemente ganhamos mais um belo prêmio. O nosso “Celta”, carro produzido pela GM, recebeu notas vergonhosas de segurança http://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2011/11/24/carros-vendidos-no-brasil-dao-grave-vexame-em-crash-test.htm, é mais fácil morrer em um acidente com um carro destes estando dentro dele do que fora dele. É melhor ser atropelado por um Celta do que estar dentro dele. Mas tudo bem! Existe também o seguro obrigatório que deve ser pago para que se receba premio por invalidez ou morte causado por acidentes de carro.

Porém se você não pagar este seguro seu carro pode ser apreendido imediatamente, mas se por uma má sorte você tiver que usá-lo será necessário anos de espera, pois ninguém tem culpa da sua falta de habilidade em dirigir em nosso transito totalmente caótico.

Agora vem o melhor de tudo, como este é um ótimo negócio e todos querem ter um, um mercado alternativo se ergue para terem peças roubadas para a sua reposição. A indústria seguradora torna-se sócia da indústria do furto e roubo. O banco vai lhe cobrar em media 10 % do valor do seu carro por ano para que este carro fique seguro em suas mãos, caso seja roubado, bata ou pegue fogo você será indenizado. Este carro que custa R$ 12,000 em qualquer lugar do mundo e que você comprou por R$ 30.000,00 e vai pagar R$ 60.000,00 ainda vai lhe custar R$ 2.500,00 anuais para que seja protegido.

Ao final de 06 anos acrescente mais R$ 15.000,00 de seguro. Consta ainda mais 6% em media de IPVA e seguro obrigatório, ou seja, acrescente mais R$ 1.800,00 em média anual ao custo total do carro, o que daria um montante de R$ 10.800,00 para os próximos seis anos a ser acrescentado ao valor do carro (que ainda não é seu), considere que você é um ótimo motorista e que aprendeu a desviar dos milhares de buracos e que conserve bem o motor com as trocas de óleo necessárias ao bom funcionamento do carro, ainda assim a maioria das peças de um carro popular são feitas com material mais barato e de pouca durabilidade, então para ser bem otimista este carro vai lhe dar apenas mais R$ 1.000,00 em despesas anuais de conservação. Totalizando mais R$ 6.000 em seis anos.

15937086_zk4SQ

Até agora este carro esta lhe saindo por R$ 91.800,00 em seis anos de uso e se ao final de 06 anos  você conseguir vendê-lo por R$ 10.000,00 você é um bom negociador.

Não estamos considerando os imprevistos e gastos extras que comprometem nossos orçamentos que não permitem que paguemos em dia a prestação do carro. O banco vai te dar multas e mora por atrasos que podem aumentar a prestação em 30% em média. Reze, então, para que nos próximos anos, não precise passar por cirurgias, não perca o emprego, não seja roubado, não sofra acidente, não caia de cama, etc.

A boa noticia é que esta em suas mãos brecar esta roubalheira toda. O único problema é que estamos errando o alvo, lutando por mudanças sociais para que possamos viver um uma sociedade mais justa, mas temos insistentemente batendo da tecla errada.

Sair às ruas para manifestar nossa insatisfação por aumento de tarifas de ônibus não trará nenhum resultado satisfatório, estaremos apenas dentro dos limites permitidos de insubordinação ao poder. Como dizem por aí o negócio é mais embaixo. É claro que estamos em um novo quadro de informação, o acesso à internet tem nos dado informações nunca antes permitida, é pena que a maioria esmagadora considere-a apenas um instrumento de ociosidade, uma vitrine de vaidade de valores inúteis.

Para que saibamos como realmente afetar esta atual estrutura é necessário saber quem esta por trás desta farra do boi, não adianta discutirmos teoricamente como deveria ser nosso país, como deveriam ser nossos políticos e a maneira correta de nos desvencilharmos do jugo a que nos submetemos. Precisamos antes de tudo, termos uma nova consciência diante deles. Precisamos quebrar a economia, infelizmente, para que ele seja refeita. Isto que a imprensa junto com a mídia (formadora de opinião e desejos) está fazendo com nossa mente é digno de uma resposta á altura. O verdadeiro algoz é o poder financeiro, que aparece como o cordeiro, mas é o lobo faminto e voraz conduzido pela má riqueza distribuída em nosso país. Os bancos bilionários, as indústrias gigantescas que engolem todas as suas rivais e a concordância politica em aceitar que seja assim, distribui o verdadeiro poder para uma minoria extremamente avida pelo controle social, politico e financeiro da população. Isso implica dizer que nosso governadores tem patrões que os bancam e exigem que cumpra uma cartilha.

Não adiante ficar dando murros nos joelhos de um gigante é necessário acertar o fígado, a única forma de não sermos ganhadores de prêmios estúpidos, como comprar o carro mais caro do mundo é não comprá-lo.

Infelizmente anos e anos a mídia covarde e controlada pelos gananciosos tem lhe dito que um novo carro é um sonho de consumo que lhe garante felicidade, e você tem aceitado isso como verdade, mas o que foi dito acima prova exatamente o contrário: é uma roubada.

size_590_bike-amsterdam

Suspenda por alguns meses todos os seus projetos em aquisição de bens de durabilidade, reforme seu carro velho, compre um usado um pouco melhor que o seu, negocie tudo com sua mente viciada em adquirir coisas novas e convença-a a desejar menos, em poucos meses nós deixaremos de sermos reféns destes filhos da puta. Eles saberão que temos como atingi-lo e que as regras podem ser mudadas para que tenhamos um pouco mais de chance de ganharmos como cidadãos dignos que pagam um dos impostos mais caros do mundo e temos um dos piores retornos sociais do planeta.

Não precisamos sair nas ruas com o risco de levar pauladas e gás lacrimogênio, simplesmente segure sua fome de consumo por algum tempo, isso sim o fará repensar como deveríamos ser respeitados por sermos na realidade o verdadeiro motor da economia. Todos nós juntos somos o verdadeiro poder, mas não apenas uma parte, não apenas alguns amigos que irão ler e pensar: -É!, faz sentido. Não, não é assim, este texto deve circular e difundir por todo meio de comunicação que for capaz de ser compartilhado e mesmo que muitos não entendam assim, ao menos saberão quais são as regras desse jogo desumano.

Marcos tavares

 
 

Etiquetas: , , ,

One response to “Carro zero, estupidez comprovada

  1. Luanzinn Oliveiira

    15/02/2014 at 12:19 AM

    seus poemas são fortes e verdadeiros em atingir o eu de cada um.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: