RSS

Arquivos diários: 23/10/2015

Civilização sem rumos

Os navios já se forama-civilizacao-morreu-na-praia540x304_71092aicitono_19ub6t3c21r0b1oi21itp191a1146a
e me deixaram aqui.
nunca saberei os seus rumos
nem dessa gente que partiu
sem ter pra onde ir.

Ficou a terra que me cabe
e sabe da minha espera,
dos anseios de navegar
e da semente que não vinga
nem sabe o que há de vir

Vou seguir viagem
aos braços das marés,
e o anjo que me guarda
me livrará nas ventanias
do desejo humano em ferir

Marcos tavares

Anúncios
 
1 Comentário

Publicado por em 23/10/2015 em POESIA