RSS

Arquivo da Categoria: sobre o amor

Mania de amar demais

Essa mania de amar demais!                              1208929_537492662986663_27477682_n
de me atirar,
não ver o fundo de nada
ter no mundo o zelo
por coisas que doem…

Essa mania de vigiar as nuvens
de viajar pelo infinito
sem saber pra onde ir
quando as estrelas me contam
de tão longe que elas brilham.

Essa vontade de viver sem cais,
Sem rumos e malas,
Sem assento ao mar
e a imensidão que me rodopia
me fazendo ser seu par.

 

 
 

Ver você me iluminando

Tudo que eu seitumblr_m83kisoMUc1rbo2fco1_400
é que você faz uma coisa
diferente no meu coração,
…um estopim que me acende,
incendeia tudo lá dentro.

Quando você aparece
explode uma coisa lá no fundo
que não para de pulsar,
faz um reboliço
que bagunça tudo,
e faz do meu mundo
um lugar pra brincar.

Só eu sei como é bom acordar
e saber que existe alguém
que bate no meu peito
e vai dando claridade,
que nada me faz tão bem
do que me olhar lá dentro
ver você me iluminar
a me dar felicidade.

 
1 Comentário

Publicado por em 09/06/2014 em POESIA, sobre o amor

 

Nos teus braços

€Nos teus braços

Nos teus braços me esqueço,
perco meu endereço,
a fome, o rumo, a sede,
o motivo sabe lá de que!

Nada parece me ferir
nem saber por quê
pude já sorrir
sem estar com você

Nos teus braços me aqueço
penso sei lá o que!
nada me vem a cabeça
que não seja
abraçar você.

Nos teus braços sou festa,
dá vontade de viver,
tenho confiança pra entregar,
tudo que ainda me resta

Nos teus braços viro criança
esqueço os motivos que chorei,
fico sem saber por quê
foi preciso viver,
até encontrar você

 
5 Comentários

Publicado por em 02/05/2014 em POESIA, sobre o amor

 

Etiquetas: , , , , ,

Tudo de bom em mim

vf294

Com você o mundo pode até ferir
e tirar tudo de mim
que mesmo assim terei
um motivo pra seguir

Com você eu sei onde encontrar
um sonho pra lutar
e de novo construir
um lugar pra te abrigar

Se você partir a vida vai ruir
devastar tudo de bom em mim
não saberei mais do que sorrir
nem pra onde devo ir

Sem você o mundo pode me cobrir
até de ouro e de rubis
que nem assim terei porque
achar vontade de existir.

 
11 Comentários

Publicado por em 04/04/2014 em POESIA, sobre o amor

 

Avarias do meu ser

xx_142_by_scarabuss

Eu nem sabia!
temia ser:
as tuas mãos.
E da luz dos teus olhos
irradiarem
os meus dias.

Eu nem podia
(sendo incerto)
hospedar-me em ti,
sendo eu,
velejador de ventos hostis,
declarar o amor que havia.

Nem mesmo tinha,
em meio a ermos horizontes,
caminhos dentro de mim
e em teus casulos percorri
as avarias do meu ser.

 
 

Etiquetas: , , , , , ,

Você foi ficando em mim

542970_3474683316283_1205519191_nijk

Você foi grudando em mim,
foi juntando os pedaços,
foi tirando o que havia ruim,
me guiando em teus braços.

Você foi revirando em mim,
preenchendo os espaços,
com cuidado pra não me ferir,
colorindo os meus passos.

Você foi ficando em mim,
se moldando à minha pele,
removendo antigas feridas
abrindo portas e frestas.

Você foi me dando raiz,
foi curando meus cortes,
me deixando feliz e mais forte
bailando em mim como festa.

 
1 Comentário

Publicado por em 09/09/2013 em POESIA, sobre o amor

 

Etiquetas: , , , ,

Deu vontade

480782_428938450531809_2004142213_n

Deu vontade
de te amar
e eu fui te amando,
nem vi o sol
(naquela tarde)
se escondendo…

O mundo
poderia ter acabado,
que eu não saberia.
Eu ainda
estaria ali,
sem saber
pra onde iria
sem te levar comigo.

 
1 Comentário

Publicado por em 09/09/2013 em POESIA, sobre o amor

 

Etiquetas: , ,

Suas retinas

talita

Trago em minha boca
o seu beijo úmido,
e este perfume no corpo
de peles que se misturam.

Desviro a minha alma
em busca de outros rumos,
caminhos não percorridos
que ainda me procuram.

Crio asas pra voar,
mas suas pegadas me aparam.
Sou nômade dos teus gestos,
cárcere das tuas entranhas.

Ouso partir sem te levar
e noto em passos ofegantes
que você é meu lugar,
o espaço que aprendi caminhar.

Procuro frestas em suas retinas
como as manhãs entre as cortinas
e vejo a vida em seu olhar
me mostrando onde pulsar.

 
 

Etiquetas: , , , , , , ,

Versos de amor

tumblr_m5o4xnwTle1qznlffo1_1280

Você é meu castigo,
meu ninho,
meu desperdício,
um sonho que arrisco,
sem perceber.

Você é o que mastigo,
é quem eu rabisco
em telas de vime.
É o que me atiro,
sem ver o risco
de me perder.

Você é o que valida
meu sacrifício.
Me surra, me empurra
aos precipícios
sem se importar.

Você é o que persigo,
me abriga, me rima,
inspira versos de amor
nos caminhos que sigo.
É tudo que quis
desde menino,
sem descansar.

Você é meu sorriso,
o motivo que faz
um amor sem medir
a razão que me diz
valer a pena lutar,
o sentido de tudo
me fazer feliz.

 
 

Etiquetas: , , , , ,

Palavras loucas de amor

guys--my-pics_large

Sussurra no beijo,
palavras loucas de amor
que eu demoro soletrar.
Desvenda meu mundo de códigos
e espalha meus segredos ao amanhecer,
e me arranha.

Diante dos meus espelhos, dança,
faz acrobacias, traduz versos
de um poema qualquer
e recita sorrindo, fazendo de mim
o que bem quer.

Depois me despe
trapo por trapo, até amadurecer.
Me apanha como fruta do pomar,
perfuma meu corpo
com seu hálito de romã
e me cheira.

Zomba de mim por eu te amar tanto,
depois engole, costela por costela
até eu me render,
me fazer morar
dentro da tua pele e acolher
célula por célula,
até eu me tornar libélula,
que pousa em tuas mãos
sem mais saber voar.

 

 
 

Etiquetas: , , , , ,