RSS

Arquivo de etiquetas: cheiro

Nem mesmo o que já fui

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Não sou o corpo 

Sou aquilo que lhe anima.

Não sou os sentidos

Sou aquilo que os traduz.

Não sou sequer meu cheiro

Sou aquilo que o repele.

Não sou nem mesmo o que já fui,

Já me perdi tem muito tempo.

Anúncios
 
1 Comentário

Publicado por em 21/11/2013 em POESIA, versos malditos

 

Etiquetas: , , ,

Coisa primitiva

para o blog8

Somos como bichos
atraídos pelo cheiro,
selvagens no cio
atracados pela seiva,
coisa primitiva.
Arrebatadora.

Somos como olhos
que se devoram
na íris atrevida da paixão,
como peles
que se roçam,
grudam no suor de tesão
coisa primitiva.
Avassaladora.

Somos como bocas
que se engolem,
palavras que se engasgam
no suor das línguas,
e se afogam na saliva
coisa primitiva.
Devastadora.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 14/09/2013 em POESIA, sensual

 

Etiquetas: , , , , , ,