RSS

Arquivo de etiquetas: silencio

Possibilidade infinita

Tudo que existe é silencio                          shutterstock_1074390
mesmo o ruído do mundo
existe no silencio.

Tudo que se vê é vazio
mesmo as formas e objetos
existem no vazio.

Ser silencioso e vazio de formas
não é assustador
é a possibilidade infinita
de todas as coisas existirem.

O que quer que aconteça
eu estarei lá
nunca experimento a ausência
de mim mesmo.

Anúncios
 
 

Etiquetas: , ,

O Corpo

Todos os dias eu temo despertar 550523_371364946244550_2097831204_n
o câncer que me habita,
dorme dentro de mim.

Ele vai me matar.
Levar os meus sentidos.
Apresentar-me ao silencio.

Ele me ameaça com sutilezas, educação.
Tomará pra si o corpo que uso e sujo
com minhas imundices

Este instrumento que animo
que tanto me serve
deitará sobre a terra, frio.
Servirá aos vermes,
será alimento de outros seres
inconscientes de si.
Assim como ficarei,
quando o câncer ceifá-lo de mim.

 
1 Comentário

Publicado por em 06/01/2014 em estar no mundo, POESIA

 

Etiquetas: , , , , , ,

Onde tudo acontece

603970_449066515161328_1553230238_n

O barulho do pensamento
e o ruído dos carros
pedem insistentes que eu os assista.
Não me incomodam,
sou o silencio onde tudo vibra.

O medo da morte
e da vida selvagem,
estimulam-se em mim,
deixo-os vir, não me interessam,
sou o espaço onde nada permanece.

A ira de deus
e o perfume do diabo,
duelam em minha mente,
deixo-os habitarem em mim,
não me importo,
sou o tempo onde tudo acontece.

 
 

Etiquetas: , , , , ,

Silêncio

silêncio

Não sei o que sou,
só sei que não sou
o que eu sei…
que me nega.

Nunca pensei ser
coisa que anda,
nem coisa que geme,
que me cega.

Já pensei ser,
as causas do caminho
eu que sou estradas,
que se perdem.

Habito à tarde,
a mente me leva,
mas mente que me vela
no meu silêncio arde.

 
1 Comentário

Publicado por em 01/10/2013 em espiritualidade, POESIA

 

Etiquetas: , , , , , ,

Entre seus vestidos

1213462

Você me afoga
beijando minha boca,
acorda me cobrindo
entre os seus vestidos,
(… dorme me acudindo).

Você me acomoda,
roça minha pele,
me acolhe entre seus braços,
me deixa fraquejar,
(… dorme me cuidando).

Você me incendeia,
descobre meu sorriso,
deixa eu guardar segredos,
no seu silencio,
(… dorme me zelando).

 
 

Etiquetas: , , , , , , , ,